A mudança é a partir dos novos pré-candidatos.

Uma breve análise sobre a possibilidade de mudanças a partir dos novos pré-candidatos. Neste texto tentarei ser breve, se acaso precisar farei uma segunda parte em outro momento. Isso posto, vamos aos pontos.

Como dizia Belchior: “o passado é uma roupa que já não serve mais”. Nessa ótica enxergo o cenário político de Guamaré, quando entendo que a situação de descaso e a falta de gestão é resultante da manutenção de um sistema arcaico que se instalou na política guamareense que só mudará através da renovação.

Não é novidade que nossa cidade se encontra há anos respirando por ajuda de aparelhos. O comércio não funciona, o turismo não funciona, não temos água nem saneamento.

Entretanto, toda ação produz uma reação conforme a terceira lei de Newton. Sendo assim, os novos pré-candidatos são a força contrária aos desmandos, descasos e conivencias que aqui presenciamos diariamente.

Voltemos a Belchior. O saudoso poeta na sua canção mais emblemática dizia que aquilo que antes era jovem/novo hoje é antigo, mas precisamos todos rejuvenescer.

No poema de Heráclito, encontramos uma máxima: nada é permanente, exceto a mudança. Mas, infelizmente, criaram um sistema, no qual as cadeiras são passadas de pai a filho ou parentes com alguma ligação com o atual representante.

Há vereador que se somar seu tempo na política terá tido mais anos de mandato do que projetos aprovados, outros somam três décadas na política familiar. Seria herança? Não. Portanto, chegou a hora do povo guamareense entender que é preciso renovar, mas renovar de verdade, pois, tudo tem que ter critérios. Todavia, a oportunidade é agora.

Se eu fosse fazer uma rápida abordagem de alguns critérios ou pré requisitos para mudança, primeiramente, teria em minha lista, sem sombra de dúvida, a capacidade do novo representante no que se refere às questões políticas e administrativas, bem como, sua não vinculação com o sistema (anteriormente, explicado) e, por fim, o seu ativismo político.

Vejo que muitos pré-candidatos se encaixam nesses pontos e em outros tantos que não citei neste texto.

Então, a meu ver, os novos merecem estar naquelas cadeiras, porque Guamaré precisa mudar todo esse cenário que há bastante tempo se arrasta, visto que, consequentemente, o povo, em sua maioria, sente-se mal representado, pois, discursos polidos em tribuna ou simples requerimentos não resolvem aos problemas reais que nossa cidade possui.

Por fim, fixo aqui um apelo: Mude! Dê oportunidade as novas propostas, a renovação. Quanto aos que passaram por lá, nós já sabemos. Os que ainda não foram, não podem ser julgados, senão, por suas potencialidades. Portanto, fica a dica.

Publicado por Orlando Lima

Sou servidor público, casado, pai de Davi, administrador e especialista em Gestão de Projetos. Faço arte digital no meu tempo livre além de desenvolver conteúdo sobre administração e áreas afins.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: