Por uma Guamaré excelente.

Quando recebi o convite para fazer parte do projeto para mudanças em 2020, eu tive que tomar decisões difíceis. Mas se o objetivo era mudar, seria importante que a mudança começasse, primeiramente, por mim mesmo. Portanto, parti em busca de algum ponto de convergência capaz de me motivar a acreditar no projeto. Porém, pensando bem, não foi difícil enxergar esse ponto: uma Guamaré excelente.

Esse foi o ponto de convergência, onde nossas diferenças partidárias se estreitaram, ou seja, ambos queremos uma Guamaré excelente. Dessa forma, a mudança de sigla passou a ser algo secundário, do ponto de vista prático, pois, mantenho meus ideais socialistas. Acredito em uma sociedade melhor com mais empatia, respeito mútuo, compartilhamento e sem desigualdade social, esse foi o ensinamento de Jesus. Era assim que a primeira igreja fazia. Pois bem, a base do meu ativismo político/social tem sido esse. Em breve vou puder me apresentar melhor.

Atos 4:34-35 “Não havia uma só pessoa necessitada entre eles, pois os que possuíam terras ou casas as vendiam, traziam o dinheiro da venda e o depositavam aos pés dos apóstolos, que por sua vez, o repartiam conforme a necessidade de cada um.

Sempre deixei claro isso em todos os meus discursos e aparições em redes sociais: o maior problema de Guamaré é a desigualdade social. Guamaré vive hoje uma realidade deplorável, enquanto poucas famílias fazem da política um negócio próprio, outras amargam a dura realidade de viver sem o básico para uma qualidade de vida digna. Então, acredito que a mudança é necessária.

Assim como todo cidadão Guamareense eu também pude refletir sobre minhas escolhas. Portanto, minha análise, a priori, partiu dos seguintes pontos: 1. Guamaré precisa mudar; 2. A mudança tem que ser legítima; 3. Quem de fato representaria essa mudança?

Guamaré precisa mudar? Sim! Ao abrir o promessômetro.online você verá ao menos 60 promessas não cumpridas, uma cidade que arrecada, anualmente, 250 milhões de reais não poderia estar em calamidade pública, onde falta água, saneamento básico e até habitação digna para muitos que aqui vivem.

A mudança tem que ser legítima do ponto de vista legal, pois, sabemos que quase sempre ocorre imbróglios que impossibilitam os candidatos assumirem seus cargos, dada alguma pendência na justiça, isso é fácil de comprovar quando observamos os últimos pleitos, onde candidatos da oposição ganharam não assumiram por causa de algum problema judicial. Na situação do mesmo jeito, até a última eleição suplementar, em 2018, foi por causa disso.

Por fim, quem representaria essa mudança, a meu ver, é aquele que está na comunidade mostrando que realmente a mudança é necessária, o qual pode ser apto a concorrer sem nenhum passado que desabone sua conduta e ter um projeto de desenvolvimento para Guamaré com mais igualdade social.

Esse último ponto, foi a chave para minha decisão. Não obstante, quem faz parte da oposição buscaria respaldo para respondê-lo de várias formas, isso não convém exemplificar, mas o fato é que eu busquei responder conforme fui entendendo o processo de maneira objetiva.

Quanto aos dois primeiros pontos, é bom que se diga que a linha é muito tênue, isto é, eu poderia está na oposição antiga, porém, acho que Guamaré precisa de uma mudança radical, uma nova opção. Então, por acreditar numa Guamaré excelente, cá estou.

Publicado por Orlando Lima

Sou servidor público, casado, pai de Davi, administrador e especialista em Gestão de Projetos. Faço arte digital no meu tempo livre além de desenvolver conteúdo sobre administração e áreas afins.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: